ALCATRUZES

 

'Ti Zé Sete Línguas' ou José Martins Bravo, natural de Loulé e fundador da Nova Olaria de Estoi, a trabalhar o barro na Rua do Cemitério, em Estoi, onde esteve inicialmente localizada a sua oficina,

num armazém primeiro alugado e depois comprado a Francisco Mendonça.

 

Avô paterno de Armando Anica Martins, foi o primeiro das três gerações da família a dedicar-se à olaria. Fazia peças muito variadas, como cântaros, enfusas, barris, bacios e vasos para flores. Alcatruzes só muito ocasionalmente, e nessa época usados para as noras, para tirar água.

Fotografia de Amilcar Quaresma de Almeida,

muito provavelmente feita na segunda metade da década de 1950 ou na primeira metade da década de 1960.

 

As três gerações da

família de oleiros:

Armando Martins filho à esquerda,

Armando Martins pai ao centro

e José Bravo à direita.